Serviço Especializado em Abordagem Social . . . . . . . . .

Serviço ofertado com a finalidade de assegurar trabalho social de abordagem e busca ativa que identifique, nos territórios, a incidência de trabalho infantil, exploração sexual de crianças e adolescentes, situação de rua, dentre outras, são consideradas praças, entroncamento de estradas, fronteiras, espaços públicos onde se realizam atividades laborais, locais de intensa circulação de pessoas e existência de comércio, terminais de ônibus, e outros. O Serviço busca a resolução de necessidades imediatas e promove a inserção na rede de serviços socioassistenciais e das demais políticas públicas na perspectiva da garantia dos direitos.

Este serviço é atendido pelo 156 online

Este serviço faz parte do 156 da Prefeitura de Vitória, portanto pode ser solicitado das seguintes formas:

  • Online, pelo formulário de solicitações de qualquer computador com internet;
  • Pelo APP Vitória Online, de qualquer smartphone com iOS ou Android conectado à internet e;
  • Pelo telefone, ligando para 156 de qualquer telefone fixo ou celular dentro da cidade de Vitória (custo de uma ligação local).

Aproveite as formas online para fazer sua solicitação de forma mais rápida e confortável.

dúvidas frequentes

Quando devo ligar para a abordagem?

O Serviço Especializado em Abordagem Social realiza o monitoramento/busca ativa de pessoas em situação de rua nos territórios da cidade. Pode-se acionar a abordagem para solicitar atendimento social a pessoas em situação de rua, ou seja, pessoas, independentemente da faixa etária que estejam em alguma atividade informal de obtenção de renda nas ruas, como pedir esmolas e realização de pequenos serviços utilizando os espaços públicos como moradia.

Quando não devo ligar para a abordagem?

Em caso de ocorrência; de ilícitos como brigas, furtos ou roubos e tráfico ou consumo de entorpecentes envolvendo pessoas em situação de rua deve-se acionar os serviços de segurança pública; em emergências de saúde os serviços de saúde devem ser acionados.

Quem pode solicitar atendimento de abordagem?

Qualquer pessoa física desde que para atendimento a pessoa em situação de rua.

Qual o horário de funcionamento da Abordagem?

De segunda à sexta-feira, o horário de funionamento é de 08h às 23h. E nos finais de semana e feriados o horário de funcionamento é de 08h às 22h.

O que a abordagem faz?

O Serviço Especializado em Abordagem Social realiza o monitoramento dos territórios da cidade, busca ativa e atendimento de solicitações através do 156. Identifica as pessoas em situação de rua, realiza abordagens para identificação e encaminhamento de demandas para serviços socioassistencias entre outros e realiza acompanhamento psicossocial com vistas a superação da situação de rua.

Por que não recolhem as pessoas que estão em situação de rua?

Desde a Constituição Federal de 1988, o recolhimento compulsório de pessoas não é mais autorizado no Brasil. Além disso, os estudos sobre pessoas em situação de rua apontam para ineficácia deste tipo de ação.

Tem algum Abrigo onde eles podem ficar?

A Prefeitura de Vitória por meio da Secretaria de Assistência Social desenvolve serviços de Acolhimento Institucional para crianças, adolescentes e adultos. São 5 espaços de acolhimento de adultos, 7 de crianças e adolescentes e 2 de famílias, organizados por perfis de atendimento.

Quem é encaminhado para os Abrigos?

São encaminhados para os abrigos os casos em que a equipe psicossocial identifica a necessidade e perfil para abrigamento ou no caso de crianças e adolescentes por encaminhamento dos Conselhos Tutelares ou Vara da Infância.

Por que todos não ficam no Abrigo?

Nem todas as pessoas que estão nas ruas não possuem casa ou desejam o abrigamento. Um dos aspectos da situação de rua está relacionada a LIBERDADE das ruas. Estar nos abrigos implica também a necessidade de aceitação de certas condicionalidades e regras de convivência.

Por que a abordagem ficou conversando e foi embora deixando as pessoas no local?

O serviço de abordagem identifica demandas de natureza objetiva, por exemplo, uma pessoa que durante uma viagem passou por Vitória e sem dinheiro para continuar a viagem veio para as ruas e a encaminha para o Albergue onde esta pessoa poderá dormir e receber passagem para retorno a sua cidade, e demandas não objetivas; a pessoa veio morar nas ruas e está nas ruas a muito tempo, ou por exemplo, crianças que trabalham nas ruas, onde é necessário um trabalho mais processual com acompanhamento psicossocial para organização de projetos de vida, etc. A abordagem de rua é apenas o início do trabalho que envolverá outras instituições de atendimento e a família da pessoa em situação de rua.

Quem são as pessoas que trabalham na abordagem?

Os profissionais que trabalham na abordagem de rua são em sua maioria Assistentes Sociais e Psicólogos.

A equipe de abordagem fala para as pessoas em situação de rua quem fez a reclamação?

A equipe de abordagem jamais identifica para a pessoa em situação de rua o solicitante do atendimento.

LOCALIZAÇÃO

Local Endereço Funcionamento Telefones Detalhamento
Centro de Referência Especializado da Assistência Social - Região Bento Ferreira Rua José Carvalho, 374 TODOS, SEG à SEX 08:00-23:30.SAB, DOM e Feriados 08-22:30 3132-1719
Centro de Referência Especializado da Assistência Social - Região Centro Rua Aristides Freire, 36 TODOS, SEG à SEX 08:00-23:30.SAB, DOM e Feriados 08-22:30 3132-8065
Centro de Referência Especializado da Assistência Social - Região Maruípe Rua Dom Pedro I, 43 TODOS, SEG à SEX 08:00-23:30.SAB, DOM e Feriados 08-22:30 3233-3420